ONG Risonhos


  • Novo Tópico
  • Responder ao tópico

Eu narro,tu narras,nós narramos juntos.

Compartilhe
avatar
Gerlane
Malabarista
Malabarista

Mensagens : 587
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 27

Eu narro,tu narras,nós narramos juntos.

Mensagem por Gerlane em Dom 23 Jun 2013 - 23:13

Bom,todo mundo tem uma história,escondida,revelada ou misteriosa.Quando criança gostava de ler as histórias    em quadrinhos da Mafalda,do Charlie Brown e seu cachorrinho Snoopy,da Luluzinha e até mesmo da Turma da Mônica.O fato é que não desgostei,sempre reclamam por que  escolho os livros com mais figurinhas.Oras,porque são mais divertidos,me fazem viajar sem ter que procurar muitas palavrinhas no dicionário e além do mais narram com uma simplicidade a história de cada personagem.O fato é que muitas dessas narrativas não são acontecimentos inventados, muitos contam as histórias dos próprios autores,implícitos ou explicitamente.Minha história também assim,cheio de metáforas,palavras mirabolantes,mas tem muito de mim.
Do pó todo ser humano veio e do pó todo ser humano retornará.Da terra toda semente brota e dos vegetais e das árvores frutíferas para a terra toda semente se multiplicará.Me chamo Semente de Todas as Cores,mais conhecida como Sementinha.Não sou nem um grão de arroz,feijão ou lentilha.Não participei dos experimentos de Mendel e muito menos fui modificada geneticamente.Apenas sou assim,assim e pronto.Uns dizem que no útero da minha mãe chamada Terra,fui regada por varias latas de tinta.Outros supõem que sou semente da salada de frutas,por isso sou assim tão colorida.
O fato é que meu Pai quando saiu a semear, não permitiu que eu caísse à beira do caminho para que as aves viessem e comessem. Nem em solo pedregoso, para que não tivesse raiz e secasse. Muito menos caísse entre espinhos e sufocasse. Fui plantada em terra boa, onde um produz cem, setenta, trinta e muitas outras.
Quando sou plantada nas cores, produzo desenhos e pinturas. Quando colocada perto de uma semente mais idosa, crio companhia e ouvidos. Quando jogada em uma terra mais pobre, produzo compaixão e alimento. Se chamada por Deus, entendo o nome propósito. Posta, dentro de um hospital, multiplico brincadeiras e sorrisos para as sementinhas fardadas, brancas, mascaradas, doentes, saudáveis e dormindo.



avatar
Gerlane
Malabarista
Malabarista

Mensagens : 587
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 27

Re: Eu narro,tu narras,nós narramos juntos.

Mensagem por Gerlane em Dom 23 Jun 2013 - 23:25

Neste diário não gostaria somente de narrar,mas fazer com que tu narres e nós narremos juntos.Colaborações de atos que pra nós deu muito certo,com também mostrar  aqueles que com os erros aprendemos.A Gerlane e a Dra.Semente não são dois personagens que coabitam num mesmo corpo e que só são chamadas quando convém a ocasião,são também somente um conjunto do que sou eu.Relato aqui também minhas aventuranças pelo abrigo de idosos,momento em que Gerlane continua sendo Dra.Sementinha,que ri,faz piadas,ouvi,,dança,teatraliza ou até mesmo silencia,a diferença está apenas nos olhos de quem ver,pois eu continuo pintada de alegria.
avatar
Gerlane
Malabarista
Malabarista

Mensagens : 587
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 27

Re: Eu narro,tu narras,nós narramos juntos.

Mensagem por Gerlane em Dom 23 Jun 2013 - 23:49

Queria resumidamente contar em primeiro momento uma passada por um lugar muito especial.Nele eu costumo muito ouvir,como também adoro jogar.Na visita ao abrigo do dia 22/06/13,conheci a Sorrizinho,uma menina muito alegre na qual todos a chamavam de tal de  pré-palhaça.Não sei  o que a sugerida nomeação de certo significava,o fato é que de " pré" ela não tinha nada. A essência do palhaço que é a alegria,há muito tempo ali encontrava morada.
Juntas,eu,Sorrizinho e minha companheira Jéssika fomos em direção ao Seu Santo,vulgo voraz de partidas.Não perdi uma,tem calculadora científica embutida no cérebro,como também o olhar vago de uma pessoa triste. Talvez o que ele não tenha conseguido por trás daquele mundo que se revela no abrigo,ele tenta ganhar nos jogos.Provavelmente estarei sendo injusta,mas confesso que já pensei assim,visto que ele se entristece logo quando perdi um jogo.Razões aprofundadas somente o coração daquele senhor poderá dizer,a gente coube apenas ficar com o prazer das partidas perdidas do jogo,para no final obtermos a recompensa  final do campeonato de dominó,o longo sorriso de um idoso.
avatar
Angel Alice
Malabarista
Malabarista

Mensagens : 401
Data de inscrição : 20/05/2013
Idade : 24

Re: Eu narro,tu narras,nós narramos juntos.

Mensagem por Angel Alice em Qui 17 Out 2013 - 20:54

Gerlane escreveu:
O fato é que meu Pai quando saiu a semear, não permitiu que eu caísse à beira do caminho para que as aves viessem e comessem. Nem em solo pedregoso, para que não tivesse raiz e secasse. Muito menos caísse entre espinhos e sufocasse. Fui plantada em terra boa, onde um produz cem, setenta, trinta e muitas outras.
Quando sou plantada nas cores, produzo desenhos e pinturas. Quando colocada perto de uma semente mais idosa, crio companhia e ouvidos. Quando jogada em uma terra mais pobre, produzo compaixão e alimento. Se chamada por Deus, entendo o nome propósito. Posta, dentro de um hospital, multiplico brincadeiras e sorrisos para as sementinhas fardadas, brancas, mascaradas, doentes, saudáveis e dormindo.

Que lindooooooo, Dra. Sementinha! Adorei seu cantinho! (:
avatar
Gerlane
Malabarista
Malabarista

Mensagens : 587
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 27

Re: Eu narro,tu narras,nós narramos juntos.

Mensagem por Gerlane em Qui 17 Out 2013 - 23:43

"Compreendi que não há felicidade para o homem,há não ser alegrar-se e fazer o bem enquanto vive..."

Dra. Semente tem andado muito pensativa ultimamente.Entrado nos hospitais e visto uma angústia.Ela nem mesmo sabe explicar,mas sabe que tão somente ela precisa crescer mais no seu trabalho.Acostumados com a rotina,nos encostamos;achamos que tudo está muito bom,mas na verdade não está.Não é simplesmente vestir uma roupa colorida,pois isso ela faz em todo momento.Nem muito menos arranjar uma maquiagem legal e acentuar as suas expressões quando de fato elas ultimamente só tem expressado uma,a indignação de ver que o ser humano cada vez mais está direcionado a somente ver alguém quando está sofrendo e não cuidá-la enquanto também se está sorrindo.Nos hospitais são assim,cuida-se quando está doente,mas já parou pra pensar se cuidasse quando se estivesse bem,o quanto muita coisa poderia ser evitada ou ao menos encarada de outro jeito.Saúde é a qualidade da totalidade da vida,não é uma questão da medicina,é uma preocupação nossa da vida.
Os próprios voluntários desta ONG parecem estar assim,preocupados na doença,na missão de trazer alegria para o próximo e descuidado do seu interior.Não é egoísmo cuidar de si,na verdade deveria ser o nosso primeiro passo.É lindo ver que temos uma missão,mas mais gracioso ainda é que no cumprimento desta missão temos uma família que não se veem todos os dias,mas que necessitam de cuidado.Sem cuidado consigo e com a relação com os membros,desgastamos e a pior coisa que pode existir é atuar em desgaste,simplesmente porque temos um foco que são as crianças,lembrando que na verdade o nosso principal intuito deveria ser as pessoas,isso inclui todas.
Semente tem costume de parar para refletir aonde Deus quer levá-la e no presente momento Deus tem a levado a refletir nesta missão,de cuidado com o lado saudável antes que tudo vire impureza.Sabendo da impossibilidade de entrega na totalidade,ela se organiza e reflete sobre o seu cuidado.Very Happy 
avatar
Inara
Malabarista
Malabarista

Mensagens : 403
Data de inscrição : 20/07/2012
Idade : 28

Re: Eu narro,tu narras,nós narramos juntos.

Mensagem por Inara em Sex 18 Out 2013 - 12:35

Código:
Nos hospitais são assim,cuida-se quando está doente,mas já parou pra pensar se cuidasse quando se estivesse bem,o quanto muita coisa poderia ser evitada ou ao menos encarada de outro jeito.Saúde é a qualidade da totalidade da vida,não é uma questão da medicina,é uma preocupação nossa da vida.
Os próprios voluntários desta ONG parecem estar assim,preocupados na doença,na missão de trazer alegria para o próximo e descuidado do seu interior.Não é egoísmo cuidar de si,na verdade deveria ser o nosso primeiro passo.É lindo ver que temos uma missão,mas mais gracioso ainda é que no cumprimento desta missão temos uma família que não se veem todos os dias,mas que necessitam de cuidado.Sem cuidado consigo e com a relação com os membros,desgastamos e a pior coisa que pode existir é atuar em desgaste,simplesmente porque temos um foco que são as crianças,lembrando que na verdade o nosso principal intuito deveria ser as pessoas,isso inclui todas.
Reflexão muito boa Dra. Sementinha! Senti isso no meu último ato e compartilho esse sentimento...
avatar
Gerlane
Malabarista
Malabarista

Mensagens : 587
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 27

Re: Eu narro,tu narras,nós narramos juntos.

Mensagem por Gerlane em Dom 17 Nov 2013 - 0:39

Super poderes existem!
Em uma noite qualquer,em uma hora qualquer,com uma roupa qualquer,em uma espaço qualquer,mas com uma companhia especial,aliás duas,Dra. Sementinha estava pronta para se  integrar a liga dos heróis Homem Aço e Mulher Borboletinha.Era assim que queriam ser chamados quando me aproximei desses dois heróis de baixa estatura e com leves aspectos de criança.
Eles estavam na rua,a vista de qualquer inimigo,mas na verdade disseram que estavam protegendo os passantes da área.E eu é claro,acreditei.Me sentia protegida com dois super heróis do meu lado,uma amiga ao meu lado questionava:
- Mas que heróis?
Como ela não podia ver,será que não tinha visão apurada para isso?Estavam ali ao seu lado,com capa,poder e tudo.
E ela prosseguia:
- É engraçado o jeito que você lhe dá com crianças.
Crianças? Que crianças? Acho que ela não conseguia ver o poder que havia ali,rindo da situação ela continuava:
- Vamos,vamos para casa.
Observando o problema que se instalava naquele local,Homem Aço foi proativo em sua decisão:
- Calma,esperem! Deixe-me me dar um super poder de fazê-las comer a noite toda.
Poxa,proposta sedutora,mas isso não resolveria a descrença de minha amiga.Foi então que  disse:
- Não Homem Aço,eu só queria ter o poder de fazer todas as atividades  da faculdade (Doutora tem que estudar né?).E com seu toque de maestria,ele estufou o peito e me referiu a palavra:
- Então,lhe darei o poder de chegar mais rápido em casa.
Não haveria melhor poder e demonstração dele para minha amiga.Não sei se com essa ela saiu convencida da força que havia naqueles dois,mas eu acreditava no poder da palavra.
Esse que saiu diretamente em meu alvo,me trouxe o  incentivo que necessitava.A vontade de chegar logo em casa,fazer minhas atividades e ter o prazer de sorrir ao saber que no outro dia teria mais outra missão a cumprir e mais heróis a encontrar.
Verdadeiramente super poderes existem e nas pessoas que menos imaginamos.
Viva!
avatar
Angel Alice
Malabarista
Malabarista

Mensagens : 401
Data de inscrição : 20/05/2013
Idade : 24

Re: Eu narro,tu narras,nós narramos juntos.

Mensagem por Angel Alice em Sex 22 Nov 2013 - 12:52

Hahahahaha, que lindo! Quer dizer que é Dra Sementinha "Flash-a" agora?

P.s: Isso serve como aviso. Podemos encontrar super herois em qualquer lugar, hoje em dia! =O Ficarei atenta para pedir um superpoder também! bounce 
avatar
Gerlane
Malabarista
Malabarista

Mensagens : 587
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 27

Re: Eu narro,tu narras,nós narramos juntos.

Mensagem por Gerlane em Sex 22 Nov 2013 - 19:05

Angel Alice escreveu:Hahahahaha, que lindo! Quer dizer que é Dra Sementinha "Flash-a" agora?

P.s: Isso serve como aviso. Podemos encontrar super herois em qualquer lugar, hoje em dia! =O Ficarei atenta para pedir um superpoder também! bounce 
kkkkk:D Sementinha "Flash-a",gostei.
avatar
Gerlane
Malabarista
Malabarista

Mensagens : 587
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 27

Re: Eu narro,tu narras,nós narramos juntos.

Mensagem por Gerlane em Dom 27 Abr 2014 - 1:43

E o vento não levou...

Hoje foi um dia extremamente repleto de emoções.
Nem todos os dias sementes acordam com o querer de tornar planta,flor, fruto,muitas vezes seus desejos estão cercados pela vontade de ficar pelo solo e deixar os nutrientes as alimentarem.O fato é que mesmo debaixo de um solo,as sementes não estão livres do efeitos do vento e talvez seja graças as grandes ventanias que provenha o seu crescimento.
Este sábado foi assim,um dia em que os ventos trouxerem a Dra. Semente a força de uma missão.
A princípio,os corredores do hospital estavam muito bem visitados.Havia na recepção uma moça que não queria acessar meu Facebook, um segurança que optou por não dizer seu time favorito para não o comprometê-lo com os cearenses de plantão (desconfiei que ele era Fortaleza)e um senhor com um sorriso bem representável, notado pelo meu amigo Chico Pena Torta,que jogou uma belíssima partida de futebol com o meu companheiro de atrapalhadas, Zé Coisó.
O jogo foi incrível.
" - O senhor se prepara para o jogo.Pede para sua mulher pegar suas muletas.Zé Coisó chuta e o goleiro rebate com um chute de ombro,cabeça e bumbum."
- Não é goooooooool!Grita a narradora Sementinha no jogo.
Além de exímio jogador de futebol,descobrimos que o homem era cantor famoso que já se apresentara no Caldeirão do Huck.Nos presenteando com uma linda música cantada ao vivo da " Véia de baixo da cama" (sendo Semente a representação feito na hora da véia) e um CD para o Zé Coisó que saiu dali muito emocionado com o presente em suas mãos.
A passagem nos corredores foi magnífica,mas Semente e Zé Coisó vivenciaram bons momentos também na visita feita em uma ala que continha algumas figuras importantes,como a rainha Elizabeth e sua princesa Daiana. Havia até mesmo um quarto cheio de super heróis,com poderes de dizer sei não para toda pergunta e uma menina com a alta capacidade de se manter de costas enquanto dois bobões se punham a falar algumas besteirolas.
Ao finalizar passando pelos corredores, senti um vento e percebi que o mesmo pode até tentar derrubar muitas pessoas,mas não leva as recordações,os momentos bons que ali ficaram presentes.
Obrigado meu companheiro Zé Coisó por lembrar que um abraço também cura e por tornar minha tarde bem mais divertida.

Conteúdo patrocinado

Re: Eu narro,tu narras,nós narramos juntos.

Mensagem por Conteúdo patrocinado

  • Novo Tópico
  • Responder ao tópico

Data/hora atual: Dom 22 Out 2017 - 1:24